Arrepelados

Arrepelados: por levarem amêndoa, eram considerados doces de luxo


Enviado por Jorge Lage

Ingredientes:

1 kg de amêndoas;
1 kg de açúcar;
2 ou 3 claras de ovo (conforme a amêndoa for, nova ou velha).

Preparação:

Põe-se água ao lume até ferver. Retira-se do lume e mergulham-se os grãos de amêndoa para retirar a casca. Rala-se a amêndoa na máquina de picar. Depois, mistura-se 1kg de açúcar com 2 ou 3 claras de ovo (sem as bater). Mistura-se tudo muito bem. A seguir, fazem-se bolinhas e com as duas mãos enformam-se em forma de cone e envolvem-se em açúcar. Distribuem-se em tabuleiro untado com azeite e polvilhado com farinha e deixam-se repousar umas horas ou de um dia para o outro. 
Por fim, vão a forno médio até o vértice do cone ficar douradinho.

(Receita cedida por Maria Gentil Vaz e «herdada» da família, de Mós – Torre de Moncorvo)

Nota: Estes doces, por levarem amêndoa, eram considerados doces de luxo. Faziam-se, pela primeira vez no ano, na quadra da Páscoa e utilizavam-se para enfeitar as bandejas aquando da visita pascal, para a mesa ficar mais bonita; também para se agradar ao Senhor Padre ou pela importância que se dava na visita da Cruz com Cristo, para abençoar a próxima colheita, que, por essa altura, com a caída da flor da amendoeira, começavam a despontar os "amendrucos" verdes, para os quais se desejava que não fossem queimados pelas geadas e ventos frios da Primavera.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

De Vila Real à Senhora da Saúde

Trilho de S. Martinho de Anta, dedicado a Miguel Torga

Lascas de presunto em tomatada