Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2012

Miradouros

Designa-se por miradouro um ponto elevado de onde se avista um largo horizonte ou uma grande área de paisagem. Facilmente se poderá confundir este significado com a tendência de separar as palavras “mira” e “douro”. A primeira, “mira” do verbo mirar que pode significar simplesmente “olhar, olhar demoradamente, olhar com muito interesse”. Não se retire, contudo, a conclusão precipitada que “miradouro” se traduz em olhar o rio Douro.

Saber mais sobre o vinho

Existe hoje a necessidade por parte de muitos de saber mais sobre o vinho. Poderá afirmar-se que o conhecimento, maior ou menor, das características e dos paladares das diversas qualidades de vinhos, tornou-se moda e ainda bem, pois o país, Portugal, possui grandes áreas vitivinícolas, com variedade de castas, de microclimas e nuances diversas no modo de fabrico, que dão origem, por sua vez, a inúmeros sabores capazes de satisfazer um largo universo de pessoas. De facto, o vinho merece toda a deferência pela sua componente histórica, pelo seu sabor, pelo trabalho que envolve a cultura das vinhas e o seu próprio fabrico.

As lagaradas no Douro

Ganhar a meia-noite

Convém assinalar que as vindimas - todo o processo que envolve o corte manual das uvas  e o seu transporte para as adegas - são o culminar de todo um trabalho faseado levado a cabo ao longo do ano que envolve um maior número de pessoas, homens e mulheres bem dispostos unidos nas tarefas da colheita das uvas. Na maior parte dos casos como nas grandes Quintas produtoras, hoje em dia, a popularidade deste trabalho fica-se pela vinha, ao cair da noite. Contudo, em tempos idos, os que carregavam, durante o dia, as uvas para os lagares tradicionais, aqui continuavam, após o jantar, a laborar com o mesmo entusiasmo e com a mesma alegria, desta vez enfiados em enormes tanques de pedra repletos de cachos. Estes lagares existiam mesmo nas casas de famílias cujas posses eram mais humildes. Cada uma dessas famílias, ao contrário do que agora acontece, fabricava o seu próprio vinho. Assim, pela noite dentro, desde as 20:00 até às 24:00 horas, os que carregavam durante o dia os…

Evolução da viticultura no Douro

Imagem
Os vinhos do Douro
O Vinho do Porto é um vinho com uma história que teve início no século IV d.C. quando os romanos dinamizaram o cultivo da vinha nos terrenos xistosos das encostas do Douro.

Nos últimos trinta e cinco anos muito têm evoluído as técnicas que permitem imprimir aos vinhos do Douro em geral e ao Vinho do Porto em particular excelentes características de superior qualidade. A este propósito, um dos pormenores importantes que convém assinalar é a vigilância constante às uvas na sua fase final de maturação. Entre a última semana de julho e a primeira de agosto, altura do chamado "pintor", isto é, altura em que as uvas começam a mudar de cor, e a sua colheita, após quarenta ou cinquenta dias, observações e análises são efetuadas frequentemente para medir o teor de açúcar, a diminuição dos ácidos e a qualidade dos aromas. Estas análises são executadas segundo técnicas modernas, capazes de informar os produtores para o período exato em que a vindima deve ser efetuada…