Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2020

Má experiência no “Pote Barrosão”

Má experiência ao almoço, em Montalegre, no restaurante “O Pote Barrosão” Saímos relativamente cedo de Vila Real, no dia 26 de janeiro de 2020, em direção a Montalegre, precisamente no último dia da feira do fumeiro, de fito feito no restaurante mencionado, e ao seu cozido à barrosã, refeição aí já experimentada no ano anterior, parecendo-nos poder ser incluída dentro da normalidade dos parâmetros de qualidade do tão propalado cozido na zona do Barroso, tal como em outras circunstâncias no restaurante “Sol e Chuva”, nos Pisões,  no “Dias”, em Parafita, no Costa, dentro da vila, ou na Casa do Ferrador, em Alturas de Barroso, este no concelho de Boticas. Conhecendo o facto de que não haveria a possibilidade de marcação de mesa e que a entrada para a sala de jantar é feita como se se tratasse de assistir a um espetáculo qualquer, pagando antecipadamente a importância de vinte euros por pessoa, sem a troca sequer de um simples "ticket" de pagamento, mesmo assim, conhecendo as r…

Souzas Botelhos - "Casa de S. Lourenço" II

Imagem
Brasão da "Casa de S. Lourenço" Referimos em artigo anterior na rubrica “S. Lourenço” a família Souzas Botelhos e uma cópia da página 345 do livro “Fidalgos e Morgados de Vila Real e seu Termo” de Júlio A. Teixeira (reedição de 1990), em que é mostrado o brasão daquela nobre família. Entretanto, recebi uma foto de uma réplica perfeita atual, realizada em gesso, desse mesmo brasão, que mostro através da imagem.
Por favor, clique na imagem para melhor observação.